O que é Aterro Sanitário e Como Funciona ?


Aterro sanitário vulgo lixão

O aterro sanitário é uma técnica de disposição de resíduos sólidos no solo que não causa incômodo ou perigo para a saúde ou segurança pública; não prejudica o meio ambiente durante a operação e após o fechamento. Esta técnica utiliza princípios de engenharia para confinar os resíduos em uma área estreita, com camadas de terra e compactação feitas para reduzir o seu volume.

O aterro também é feito de forma de solucionar o problema causado pelo resultado da decomposição da matéria orgânica .

Hoje, o aterro sanitário moderno é uma instalação concebida e operada como uma obra de saneamento básico, com elementos de controle de segurança suficiente e cujo sucesso está na seleção adequada do local , design e, claro, em sua operação e controle.

Para construir um aterro sanitário é importante selecionar uma área que ofereça condições técnicas adequadas , tais como topografia, distância de 200 metros de um curso de água e disponibilidade de material para cobrir de lixo.

De acordo com as características do solo, o aterro pode ser construída seguindo o método de área, trincheira ou uma combinação de ambos os métodos.

A base do aterro sanitário deve ser constituída por um sistema de drenagem de chorume acima de uma camada impermeável de polietileno de alta densidade – P.E.A.D., sobre uma camada de solo compactado para evitar o vazamento de material líquido para o solo, evitando assim a contaminação de lençóis freáticos.

O seu interior deve possuir um sistema de drenagem de gases que possibilite a coleta do biogás, que devem ser queimados na atmosfera ou aproveitados para geração de energia.

No Brasil a cobertura do aterro sanitário é feito com uma camada de argila compactada.

Sua cobertura é constituída por um sistema de drenagem de águas pluviais, que não permita a infiltração de águas de chuva para o interior do aterro. No Brasil, usa-se normalmente uma camada de argila compactada.

Quando atinge o limite de capacidade de armazenagem, o aterro passa por um processo de monitoramento e depois é coberto e a área é transformada em playgrounds e parques.

No Brasil vem se testando novas técnicas para diminuir a quantidade de lixo nos aterros sanitários. Em Minas Gerais é usado o fosfogesso, que reduz entre 30 a 35% o volume de resíduos sólidos.

Aterro Sanitário 3

Aterro Sanitário 2

Aterro Sanitário




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *